Seven Islands Shipping faz com que Sebi avance para Rs 600 crore IPO

A emissão pública compreende uma arrecadação de fundos por meio de uma nova emissão no valor de Rs 400 crore e uma oferta de venda agregando até Rs 200 crore, de acordo com o projeto de prospecto de arenque vermelho arquivado com Sebi.

A empresa iniciou suas operações em 2003 (Fonte: LinkedIn)

A empresa de logística marítima Seven Islands Shipping recebeu o sinal verde do regulador de mercados Sebi para levantar Rs 600 crore por meio de uma venda inicial de ações.



A emissão pública compreende uma arrecadação de fundos por meio de uma nova emissão no valor de Rs 400 crore e uma oferta de venda agregando até Rs 200 crore, de acordo com o projeto de prospecto de arenque vermelho arquivado com Sebi.

Sob a oferta de venda, até Rs 100 crore serão aumentados pelo FIH Mauritius Investment, até Rs 85,64 crore por Thomas Wilfred Pinto, e até Rs 14,35 crore por Leena Metylda Pinto.



A empresa de logística Seaborne, que entrou com documentos preliminares com Sebi em fevereiro, obteve sua observação em 22 de março, mostrou a última atualização do Securities and Exchange Board of India (Sebi).



A observação de Sebi é muito necessária para qualquer empresa lançar questões públicas como oferta pública inicial (IPO), oferta pública de seguimento (FPO) e emissão de direitos.

A empresa utilizará os recursos líquidos obtidos com a nova emissão para adquirir um grande navio de transporte de petróleo bruto e um navio de médio alcance do mercado secundário a uma despesa estimada de Rs 352,43 crore.

Anteriormente, a empresa tentou acessar o mercado de capitais em 2017.



De acordo com os draft papers, a parcela reservada para compradores institucionais qualificados será de até 50 por cento da oferta, e os investidores não institucionais terão até 15 por cento da parcela reservada. Até 35 por cento serão reservados para investidores de varejo.

A empresa iniciou suas operações em 2003 com um navio e atualmente tem 20 navios de carga líquida de bandeira indiana e de propriedade da Índia com uma capacidade de tonelagem total de 1.105.682 toneladas.



Nos últimos 18 anos, a empresa adquiriu 40 embarcações e vendeu 20 embarcações.