Roupas e postura aumentam as percepções de sua competência: mas não exagere

INTRODUÇÃO



Embora a pesquisa sobre 'pose de poder' ainda seja controversa, não é controverso dizer que a postura de uma pessoa muda a forma como ela é percebida.

Pesquisas anteriores mostraram repetidamente que “posturas mais fortes”, que incluem retidão, expansividade e proximidade com os outros, transmitem força, domínio e confiança.



“Posturas mais fracas” transmitem o oposto.



Também não é controverso dizer que a forma como as pessoas se vestem é importante.

Pesquisas anteriores mostraram repetidamente que vestir-se formalmente versus casualmente tem muitos impactos na percepção de profissionalismo, competência e confiança de uma pessoa.

Então, e quando essas duas coisas se cruzam?



O que acontece quando uma pessoa vestida de maneira casual fica de pé com confiança, em comparação com uma pessoa bem vestida com uma postura pobre ou fraca?

Digite cinco pesquisadores da Universidade de Hertfordshire, Reino Unido. Eles queriam ver se a postura poderia compensar uma vestimenta casual ou se a postura inadequada poderia machucar uma pessoa, mesmo que ela estivesse bem vestida.

A pesquisa deles foi publicado no British Journal of Psychology em 2017.



EXPERIMENTAR

Os pesquisadores tinham algumas hipóteses para este estudo.



Primeiro, eles levantaram a hipótese de que as pessoas que se vestem casualmente receberiam um grande impulso na percepção de traços positivos por terem uma postura confiante. No entanto, eles levantaram a hipótese de que as pessoas que estão bem vestidas já têm um impulso, então a postura não iria render um impulso muito mais forte.

Em outras palavras, a postura será um impulso maior para quem se veste casualmente do que para quem se veste formalmente.



Em segundo lugar, eles levantaram a hipótese de que as roupas serão muito mais importantes para as mulheres do que para os homens.

Este não será o foco deste artigo, mas incluirei os resultados para fins de integridade.

Os pesquisadores recrutaram 106 adultos com cerca de 30 anos.

Eles incluíam uma variedade de origens étnicas, tanto homens quanto mulheres.

Em seguida, mostraram a esses participantes algumas fotos preparadas.

As fotos eram fotos de vários modelos em algumas combinações de posar e vestir:

  • Em pé vs sentado
  • Posando forte (confiante, ereto, mostrando frieza) vs. pose neutra (uma pose média e confortável) vs. posando fraco (fechado, curvado)
  • Vestido casualmente (calças de treino, moletom) vs. vestido elegantemente (terno de negócio)

Por exemplo, uma modelo pode estar sentada com confiança, com as pernas para cima na mesa e as mãos atrás da cabeça, e vestida casualmente (sentada, pose forte, casual) ou em pé fracamente com um terno de negócios (em pé, pose fraca, vestindo roupas elegantes).

Depois de tirar as fotos, eles usaram um grupo de foco com classificações para se certificar de que as poses estavam transmitindo a mensagem desejada. Eles usaram apenas as fotos que comunicaram as mensagens desejadas (confiança, vestido casual, etc.).

Os participantes do estudo principal viram todas as 60 fotografias em ordem aleatória e, em seguida, foram solicitados a avaliar cada uma em quatro fatores principais:

  • Confiança
  • Confiabilidade
  • Salário alto
  • Acessibilidade

Todos os quatro fatores foram somados para criar uma única pontuação de “Competência”.

RESULTADOS

Para homens:

  • Homens com ternos foram avaliados como significativamente mais competentes do que aqueles em trajes casuais.
  • Homens com poses mais fortes foram avaliados como significativamente mais competentes do que aqueles com poses mais fracas.
  • Para homens vestidos casualmente, ter uma pose forte foi classificado como o mais alto de todos.
  • No entanto, para homens bem vestidos, uma pose neutra foi considerada a mais competente de todas.

Para mulheres:

  • Mesma coisa - para mulheres bem vestidas, as poses neutras foram classificadas como as mais competentes de todas.
  • Para mulheres vestidas de maneira casual, as posturas fortes e neutras foram consideradas as mais competentes.

O QUE?

  • Esses resultados parecem contradizer a intuição e pesquisas anteriores, mas há algumas razões pelas quais esse efeito foi encontrado.
  • Pode ser que quando um homem está vestido com roupas elegantes, se eles movem seus corpos em poses extremamente confiantes, eles parecem estar 'exagerando'.
  • Você pode até parecer que está supercompensando.
  • Em contraste, homens com poder real não precisa compensar ou exagerar. Eles já estão bem vestidos, então por que exagerar?
  • Nessas causas, os homens podem apenas ficar de pé ou sentar-se confortavelmente e naturalmente, e parecerão confiantes.
  • Nesse caso, os pesquisadores sugerem que, para homens bem vestidos, recomendar que adotem posturas poderosas pode ser um mau conselho. Apenas aja naturalmente.

CONCLUSÃO

Este estudo sugere que a postura inadequada realmente faz com que a pessoa pareça menos confiável, acessível, rica e confiante.

Também sugere que o vestido casual tem um efeito negativo semelhante.

No entanto, também sugere que você pode aumentar as percepções de sua competência das seguintes maneiras:

  • Se você estiver vestido casualmente, preste atenção ao seu corpo e use gestos e postura poderosos.
  • Use roupas afiadas.

No entanto, se você já estiver usando roupas elegantes, NÃO EXAGUE. Apenas aja de forma confortável e natural.

Referência

Gurney, D. J., Howlett, N., Pine, K., Tracey, M., & Moggridge, R. (2017). Vestindo a postura: Os efeitos interativos da postura e das roupas nos julgamentos de competência. British Journal of Psychology, 108, 436-451. Ligação: http://onlinelibrary.wiley.com